O site de sua clínica veterinária é responsivo?

 

A utilização de tablets e smartphones cresce a cada dia, e se antes a preocupação dos webdesigners era em construir um site que parecesse bom aos olhos de quem o acessasse através dos monitores dos desktops ou notebooks, hoje em dia a alteração na dinâmica de planejar um site parece inevitável.

Outro aspecto a se considerar é a relevância das páginas nos motores de busca, afinal, quem não consegue ser encontrado no Google, tem muito mais dificuldades em vender qualquer tipo de produto ou serviço. A alteração nos algoritmos do Google ocorrida há alguns meses que prioriza os sites responsivos, ou seja, aqueles que dão suporte para a navegação em dispositivos móveis e fixos de qualquer tamanho ou modo de interação, apenas contribuiu com este novo contexto de acessibilidade dos sites.

No artigo de hoje, você entenderá por que sua clínica veterinária precisa de um site responsivo. Acompanhe-nos e saiba tudo!

Flexibilidade

Os sites com design responsivo são fluidos, ou seja, o conteúdo se move livremente em todas as resoluções de tela e todos os dispositivos. Exemplificando melhor, o espaço útil de leitura e interação do site se adequa a qualquer tipo de tela, levando praticidade e conforto para o usuário, o que é ideal para o cliente de clínicas veterinárias, que muitas vezes deseja informações urgentes através de seu celular ou tablet, em função de algum acidente ou mal súbito com seu animal onde quer que ele esteja.

Excelente experiência do usuário

Do que adianta um site ser acessível em qualquer dispositivo, mas a experiência de navegação não é lá essas coisas? Um site responsivo não é apenas uma questão de fazer com que ele funcione em qualquer computador ou celular, mas sim que ele seja de fácil leitura, com botões de tamanho adequado para os dedos, e tudo aquilo que dê praticidade ao usuário. Ter um site responsivo pode fazer toda a diferença na hora de manter o cliente incentivado a fazer contato com a sua clínica, tendo em vista a facilidade que ele tem em ler e interagir com o empreendimento onde quer que ele esteja.

Economia

Quem possui um site responsivo, não precisa investir em um maior número de websites para diferentes plataformas. Como ele se adequa a qualquer dispositivo, este tipo de gasto se torna desnecessário, fazendo com que possa dar maior ênfase a outros tipos de estratégias de divulgação ou infraestrutura para a sua clínica. Lembre-se: um único site = apenas um pagamento ao webmaster, além de necessitar de apenas uma estratégia de otimização nos motores de busca.

Recomendado pelo Google

Sem maiores explicações técnicas, o fato é que o Google passou a dar prioridade para os sites que possuem este caráter responsivo, já explicado nos tópicos anteriores. Imagine uma pessoa que está passeando com o seu cão, e este sofre algum acidente ou passa mal em plena rua. Caso ela não tenha um número de telefone do qual ela tenha costume de entrar em contato neste tipo de situação, a primeira coisa que ela fará é procurar no Google formas de contatar o veterinário mais próximo, e caso a sua clínica não possua um site responsivo, dificilmente você poderá colocar mais este cliente em sua agenda.

FAÇA UM TESTE NA FERRAMENTA DO GOOGLE E VEJA SE SEU SITE É ASCENSÍVEL A ESSA NOVA REALIDADE. FAZER TESTE 

No final, é sua decisão ter um site responsivo, ou não. A nossa opinião você já sabe. E caso tenha alguma dúvida ou experiência a compartilhar, aproveite os comentários abaixo e divida com a gente! Também gostaríamos muito de saber o que você pensa sobre isso, ou até mesmo o que ainda não sabe a respeito.