Marketing de Conteúdo pode ajudar a indústria pet a vender mais

Antes de entrarmos propriamente em como o marketing de conteúdo pode ajudar a indústria pet a vender mais, precisamos relembrar o quanto o comportamento dos consumidores mudou nos últimos anos. Você já deve ter percebido que atualmente o consumo de conteúdo online é cada vez maior. As pessoas estão cada vez mais conectadas e gastam muito mais tempo na internet do que em qualquer outra mídia — de acordo com o IAB Brasil, a web já ultrapassou a TV na preferência dos brasileiros.

Diante disso, uma nova realidade se impõe: uma boa estratégia de marketing de conteúdo pode alavancar as vendas de empresas. E isso está se tornando uma realidade também na indústria pet.

Mas, o que é Marketing de Conteúdo?

Marketing de conteúdo é uma abordagem estratégica focada em produção e distribuição de conteúdo valioso, relevante e consistente para atrair e reter um público-alvo de um negócio. Ela centra-se na utilização de canais digitais próprios para entregar informações úteis diretamente ao consumidor, sem depender de terceiros (sites de notícias, revistas, jornais etc.). A própria empresa torna-se uma mídia fornecedora de informações.

marketing de conteúdo é empregado para modificar ou melhorar o comportamento do consumidor em relação à marca, pois é um processo contínuo e integrado à estratégia global de marketing da empresa — o processo de Inbound Sales, que já discutimos bastante aqui no blog, por exemplo, está ancorado no conteúdo.

Em suma, o marketing de conteúdo é a arte de entregar aos clientes, prospects, admiradores e formadores de opinião em geral conteúdo que não seja diretamente para vender. Ao invés de falar sobre produtos ou serviços, a empresa entrega informações relevantes que ajudem seu público-alvo a identificar soluções para os seus problemas. A venda é uma consequência da confiança e do relacionamento estabelecidos por meio das informações fornecidas.

4 fortes razões para a indústria pet fazer marketing de conteúdo

A seguir, veja as principais razões para que os empresários do segmento pet tragam para dentro da sua estratégia global de marketing a produção e distribuição de conteúdos:

1. Fazer Marketing de Conteúdo é barato

Com o conhecimento obtido na experiência do negócio, a equipe interna de marketing pode assumir a produção e publicação de artigos, social posts, e-books etc. Se necessário, também é possível contratar uma agência especializada em produção de conteúdo.

E isso é muito mais barato do que investir em propaganda (que já não faz mais tanto efeito, pois os consumidores querem informações úteis e não mais interrupções de anúncios).

2. O conteúdo que a empresa publica é perene

Tudo que a empresa publica em seus próprios canais é de sua propriedade, não perde a validade e estará sempre disponível para o público-alvo. E este público encontrará a marca ao fazer consultas no Google e ter as páginas como resultado de busca.

3. Marketing de Conteúdo eleva a reputação da marca

Os consumidores passam a ver a marca como uma fornecedora de conhecimento. Percebem que não há interesse somente em vender, mas sim em também fornecer conteúdo educacional, entregar valor através do conteúdo.

4. O conteúdo ajuda a conduzir os consumidores dentro da jornada de compra

Ao montar uma estratégia de Inbound Marketing e/ou um processo de Inbound Sales, a empresa precisará de conteúdo valioso para conduzir os leads (potenciais clientes) dentro da jornada de compra (as etapas percorridas desde a descoberta até a decisão de compra).

É o conteúdo publicado no blog que será enviado em campanhas de e-mail marketing, publicado nas redes sociais; materiais valiosos como e-books e white papers são usados para captar dados dos leads (informações em troca do download), e assim por diante.

Dito tudo isso, agora podemos responder a pergunta-chave deste artigo. O marketing de conteúdo pode alavancar as vendas da indústria pet, pois o pleno crescimento deste segmento desencadeou uma concorrência acirrada. Somente as empresas que realmente tenham um bom posicionamento de marca podem se destacar neste mar de ofertas que surgem todos os dias.

Com marketing de conteúdo, é possível posicionar a marca online, chegar até o público-alvo (distribuidores, logistas, consumidores finais), elevar a reputação da marca, desmistificar produtos e serviços e educar o mercado. Tudo isso contribui muito para a estratégia comercial, pois quanto mais valor as pessoas veem no negócio, mais elas se sentem confortáveis para comprar.

O que é Marketing de Conteúdo e por quê adotá-lo

,

 

Embora nosso nicho tenha crescido significantemente na última década, ele ainda é um mercado promissor e com grandes possibilidades de expansão no Brasil, já que cada vez mais clientes procuram bons produtos e o melhor atendimento para seus bichinhos. A boa perspectiva não é sem precedentes: um levantamento realizado pela Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação (Abinpet) revela que o setor movimentou cerca de R$ 16 bilhões em 2014, com um aumento de mais de 8% em relação a 2013.

Dessa forma, com mais de 100 milhões de animais de estimação no Brasil e com um público cada vez mais exigente, é preciso apostar em estratégias de atração e conversão dos clientes. Dentre essas estratégias está o marketing de conteúdo, fundamental para qualquer player do segmento pet que deseje sucesso nos dias atuais. E para te mostrar como essa técnica de marketing é capaz de trazer benefícios ao mercado VET e PET, fizemos este post que certamente fará você considerar o uso essa estratégia.

O que é e como funciona o marketing de conteúdo?

marketing de conteúdo é a criação ou curadoria de conteúdo altamente relevante e compartilhado para um nicho específico. Com o marketing de conteúdo é possível tornar-se uma autoridade no segmento de atuação, já que atualmente os consumidores procuram por muito mais do que uma relação de compra e venda. Com o desenvolvimento das redes sociais e da própria internet, os clientes procuram formas de criar um relacionamento de confiança com a marca, resultando assim na aquisição de serviços ou produtos. Assim, o marketing de conteúdo é responsável por atrair pessoas interessadas em algo vinculado ao que você oferece — os chamados “leads qualificados”.

Além disso, também é possível fidelizar os clientes anteriores com o marketing de conteúdo, já que é muito mais barato reter um cliente do que atrair um novo.

Dessa forma, a lógica do marketing de conteúdo estrutura-se, basicamente, na troca de experiências entre empresa e consumidor, além da oferta de soluções direcionadas para os clientes. Os clientes estão interessados em consumir muito mais do que apenas produtos ou serviços: eles também querem informação. E o marketing de conteúdo vem para suprir exatamente isso.

Quais são os gastos com a estratégia de marketing de conteúdo?

Dados fornecidos pela Demand Metric mostram que o custo com o marketing de conteúdo é até 62% menor do que com outros tipos de marketing — on-line ou off-line —, e atrai três vezes mais leads. Os dados do Hubspot só ajudam a comprovar: estima-se que empresas norte-americanas economizem 20 mil dólares ao ano com o uso de inbound marketing.

Além disso, o crescimento do marketing de conteúdo disparou na última década: a Custom Content Council and ContentWise revela que de 2000 até 2012 o investimento de empresas americanas em marketing de conteúdo cresceu cerca de 148%.

Assim, o marketing de conteúdo para empresas não é apenas uma vantagem competitiva, como também uma necessidade, pois é a maneira mais eficiente de atingir o público-alvo e ainda ganhar confiança e o título de autoridade sobre o assunto. Em adição, essa é uma tendência que só tende a crescer: a previsão de aumento de investimento em marketing digital em 2015 é de 17%, de acordo com a Gartner.

Mas por que investir em marketing de conteúdo no mercado pet?

O mercado PET vêm crescendo no Brasil, e com isso, mais empresas estão entrando, também, no ambiente online. Com isso, surge a necessidade de investir no marketing de conteúdo para conseguir obter o sucesso esperado. Dentre os motivos para ter esse investimento, os principais são:

  • Traz vantagem competitiva

Muitas empresas do mercado PET ainda não se deram conta da necessidade de investir no marketing digital. Das que já notaram a necessidade, “nem todas investem no marketing de conteúdo”. Assim, quando uma empresa do ramo investe na produção de conteúdo direcionado e de alta qualidade, ela cria uma vantagem competitiva sobre as outras. Isso desenvolve não apenas um destaque da concorrência, mas também faz com que a marca seja mais divulgada. Vou dar alguns exemplos de nichos específicos que podem começar a pensar na estratégia de marketing de conteúdo:

Médicos Veterinários: O médico veterinário especializado que quer atrair mais tutores para sua clínica através de conteúdo, pode usar a estratégia a seu benefício ganhando autoridade e relevância quanto a seus colegas, poderia aqui colocar as 10 vantagens de o médico veterinário começar a fazer conteúdos, mas deixarei para uma próxima oportunidade.

Adestradores e especialistas em comportamento animal: Estes profissionais também se beneficiarão com o marketing de conteúdo, ensinando conceitos e técnicas básicas sobre as problemáticas do dia a dia de seus potenciais clientes.

Pet Shop com serviços de banho e tosa:  Imagine agora seu  bairro de atuação e sua pet shop é a única empresa que produz conteúdo sobre variados assuntos como comportamento, Adestramento, Alimentação, Nutrição, Cuidados e Higiene, enfim, conteúdos pensados estrategicamente voltados a informação como forma de prevenção, com está ação o conteúdo vai de fato fazer com que sua pet shop seja reconhecida no bairro de atuação pois está entregando valor através de conteúdo ajudando na recorrência na compra de seus serviços e produtos.

Mercado B2B

Para o mercado B2B, as vantagens de produção de conteúdo são muitas mas vou deixar para falar sobre o B2B em outro Post, por serem mais complexo e extenso.

  • Custos menores

Como esse tipo de marketing custa até 62% menos e como muitas empresas do mercado PET são de pequeno ou médio porte, investir em marketing de conteúdo é uma possibilidade para atender a um orçamento pequeno, mas ainda assim conseguir os resultados desejados.

Como menos dinheiro é necessário para alcançar resultados igualmente positivos, mais investimentos podem ser feitos na estrutura ou expansão do negócio, por exemplo.

  • Atrai novos clientes em potencial

A pesquisa “Interconnected World: Shopping and Personal Finance”, de 2012, mostra que 44% das compras online começaram com uma pesquisa em mecanismos de busca. Por isso, ter conteúdo para oferecer para seus clientes e leads faz com que eles mantenham interesse em sua marca.

Além disso, o compartilhamento de conteúdo leva a uma natural divulgação da sua marca, portanto, mais pessoas passam a conhecer sobre seu negócio e a considerá-lo como uma opção de compra.

  • Transforma a empresa em uma autoridade

Como a empresa informa, soluciona problemas e tira dúvidas, ela passa a se tornar uma referência e autoridade sobre o tema no mercado. Isso é ainda mais intenso no mercado pet, já que muitas empresas não fazem isso, fica mais fácil seu conteúdo se destacar entre os demais.

  • Aumenta as vendas

Em última análise, o marketing de conteúdo aumenta a taxa de conversão em vendas. De acordo com dados da Rock Content, empresa focada no setor de marketing online, as empresas que utilizam o marketing de conteúdo possuem uma taxa de conversão 6 vezes maior do que as empresas que não fazem uso.

O aumento de vendas não ocorre apenas entre novos clientes, já que maior passa ser a retenção de clientes que já compraram uma vez. Isso se deve ao fato de que o consumidor prefere consumir de quem confia. Como o consumidor passa a confiar não apenas nos seus serviços, mas também nas suas informações, maiores são as chances de venda.

Saiba que o caminho do marketing de conteúdo é menos tortuoso e mais barato do que outras estratégias, justificando-se o investimento na estratégia. Para as empresas PET por sua vez, isso é muito mais latente, já que pode trazer resultados competitivos ainda melhores.

Entre em contato conosco e peça um orçamento

ORÇAMENTO

Entenda a importância das redes sociais para a sua clínica veterinária e pet shop

A presença de sua clínica e pet shop nas mídias sociais é fundamental para quem queira crescer. O Facebook, por exemplo, já tem mais de 1 bilhão de usuários em todo o mundo, então é bem provável que o seu público, esteja presente nessa rede.

No post de hoje vamos explicar por que a presença nas redes sociais é fundamental para a sua clínica veterinária conseguir uma melhor comunicação com o público-alvo, além da retenção dos atuais. Confira:

Segmentação

 

No Facebook é possível fazer diversas segmentações na hora de fazer publicidade. Você pode delimitar a localização geográfica do anúncio, qual a idade das pessoas que você deseja atingir, gênero, e até seus interesses, ou ainda criar campanhas para clientes de sua clínica e pet shop que seguem sua empresa não é magnífico?

Veja em outro post como atrair e converter mais compradores para sua pet shop e clínica veterinária.

Dessa forma, se você conhece bem o seu público-alvo, (PERSONAS)  tem a possibilidade de que as suas promoções e propagandas apareçam justamente para quem tem o perfil do seu negócio, aumentando a probabilidade de atingir as pessoas certas nos momentos certos — e converter mais.

Depoimentos

Muitas pessoas têm seus animais de estimação como alguém da família, então não vão deixá-los na mão de alguém em quem eles não confiem, não é? A melhor forma de conseguir estabelecer essa confiança, além de fazer um bom trabalho, claro, é ter o aval de clientes atuais sobre o seu serviço. Uma boa indicação geralmente vale mais do que qualquer publicidade.

Algumas redes sociais, principalmente o Facebook, permitem uma grande interação entre a empresa e os fãs da sua página. Aproveite essa possibilidade para conseguir depoimentos e avaliações dos seus clientes atuais sobre sua clínica veterinária, assim você tem um canal forte para gerar mais credibilidade e aumentar a sua carteira de clientes.

Atendimento

As redes sociais permitem uma comunicação dinâmica tanto entre os usuários quanto entre a empresa e o público. Usar desse dinamismo para tirar dúvidas pode ajudar a conseguir novos clientes e reter os atuais.

Toda vez que sua fanpage tiver algum comentário, seja um elogio, crítica ou uma dúvida, responda! É frustrante para o cliente ficar sem nenhum retorno da empresa, além de transmitir uma imagem ruim sobre o seu comprometimento e transparência.

Lembre-se de que melhor do que uma empresa que não tem problemas, é aquela que resolve problemas. Lide com eventuais críticas que possam aparecer dessa forma.

Viralização

Não é de hoje que percebemos que todo conteúdo relacionado aos animais viralizam com facilidade na internet — vídeos fofinhos de filhotes, campanhas de adoção, fotos divertidas, dicas como “VOCÊ SABIA”  e etc. Como seu negócio é uma clínica veterinária, use isso a seu favor!

O que não falta na internet são pessoas dispostas a curtir e compartilhar esse tipo de material. Tente produzir alguns conteúdos desse tipo e é bem provável que você consiga atingir um grande número de pessoas de forma espontânea, gerando visibilidade gratuita para o seu negócio. E ainda, peça a seus clientes ao passarem na recepção que siga sua página no Facebook e tire um foto e poste na página dizendo “hoje a belinha veio tomar seu banho olha que linda”, isso fará com que seu cliente se sinta mais próximo de sua pet shop e clinica.

Os seus clientes querem conteúdo qualificado e específico para as suas necessidades (Personas)

Direcionar um conteúdo de interesse específico para cada perfil de público no facebook aumentará a identificação dele com a sua empresa. Por isso, um ponto fundamental a para a sua clinica/petshop crescer nas redes sociais é criar ser explorado “personas” para direcionar cada uma das suas postagens. Isto significa criar perfis padrões para cada tipo de público alvo potencial para o seu negócio. O mercado de Pet Shops tem alguns “clusters” que podem nortear a criação desse conteúdo.

publico_alvo_donos_de_animais_de_estimacao

publico_alvo_animais_de_estimacao_2

Fonte imagem:guiadoempreendedor.com

Dicas importantes

Não misture seu perfil pessoal com o da clínica. Seus clientes querem ver o seu trabalho e, provavelmente, não têm interesse na sua vida pessoal.

Evite postar demais. Conseguir uma viralização boa de alguns materiais não significa que você tem que postar inúmeras vezes por dia. Essa prática pode se tornar cansativa para o seu público.

Você já utiliza as redes sociais como forma de comunicação para a sua clínica veterinária? Conte para a gente as suas experiências e dúvidas!