Sergio Lobato

Médico Veterinário formado pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, Pós Graduado em Marketing e Estratégia pela Universidade Estácio de Sá. Palestrante em Gestão da Inovação em Medicina Veterinária, Autor do Manual de Responsabilidade Técnica para Pet Shops e Consultor Atuando na Cadeia Produtiva Pet e Veterinária no Brasil e Exterior.

1
Vetus Sistema para Pet Shops

“O Vetus é um sistema de gestão do mercado pet. Ajudamos a facilitar o cotidiano dos gestores e a impulsionar o crescimento de Pet Shops, Clínicas e Hospitais Veterinários. Já atendemos a mais de 1.500 empresas em todo Brasil. Para saber mais sobre o tema, acesse nosso blog."

Mudanças no Código de Ética, mudanças na Promoção do seu Serviço!

 

 

Desde 9 de setembro de 2017 está em vigência o novo Código de Ética da Medicina Veterinária que apresentou ao mercado à partir desta data um conjunto de mudanças na regulamentação da atividade médica veterinária.

Muitos artigos  passam a assumir extrema importância e você deve estar atento!

Especialmente a dois que transformam a partir de sua vigência  toda a sua comunicação!

Art. 14. É vedado ao médico veterinário veicular em meios de comunicação de massa e em redes sociais os preços e as formas de pagamento de seus serviços.

Art. 15. É vedado ao médico veterinário divulgar os seus serviços como gratuitos ou com valores promocionais.

Estes dois artigos surgem como um furacão que transforma de forma radical a maneira como os médicos veterinários estavam acostumados a ofertar seus serviços nas mídias impressas e virtuais mais recentemente.

Com a pressão da enorme  e criminosa quantidade de cursos de Medicina Veterinária liberados de forma irresponsável e pelo Ministério da Educação, atingindo o assombroso número de 330 faculdades de Medicina Veterinária , a cada ano são lançados no mercado brasileiro mais e mais profissionais disputando um mercado saturado.

Como resultado dessa disputa que cresceu década a década, a classe se acostumou a  lutar pelo mercado através da guerra de preços na tentativa de ganhar algum espaço , o que desvalorizou o serviço veterinário e de certa forma colocou a classe em uma zona de conforto na promoção de serviços apenas usando a grandeza Preço.

Agora  com a mudança da legislação , tanto a classe veterinária quanto os profissionais contratados para gerenciar seus canais de comunicação deverão reformular suas estratégias , posturas e entender que ao Ato Médico Veterinário tem valor e não preço!

PENSE NISSO!